Acerca de mim

A minha foto
Tudo o que quero e não posso, tudo o que posso mas não devo, tudo o que devo mas receio. Queria mudar o Mundo, acabar com a fome, com a tristeza, com a maldade.Promover o bem, a harmonia, intensificar o AMOR. Tudo o que quero mas não posso. Romper com o passado porque ele existe, acabar com o medo porque ele existe, promover o futuro que é incerto.Dar vivas ao AMOR. A frustração de querer e não poder!...Quando tudo parece mostrar que é possível fazer voar o sonho!...Quando o sonho se torna pesadelo!...O melhor é tapar os olhos e não ver; fechar os ouvidos e não ouvir;impedir o pensamento de fluir. Enfim; ser sensato e cair na realidade da vida, mas ficar com a agradável consciência que o sonho poderia ser maravilhoso!...

sexta-feira, 5 de maio de 2017


SIMPLESMENTE MÃE

Ao acordar, hoje senti saudades,
Aquela saudade que me entristece,
No horizonte em campa rasa se deu,
Essa mortalha das intensidades,
Onde a tua lembrança ainda estremece,
Esta triste alma que de ti nasceu.

O teu nome gravado na lembrança,
De uma vida que fez sua viagem,
Deixando a sua tarefa materna,
Num sentir forte da triste mudança,
A quem meu mundo, prestou vassalagem,
Será uma vida para sempre eterna.

Mãe, esse nome de grande carinho,
Os nomes que por cá também tiveste,
Tantos nomes com as estrelas do céu,
Serão sempre pronunciados baixinho,
E mãe, nome que a Natureza veste,
Em alto som, será gritado teu.

Carlos Cebolo
carlosacebolo.blogspot.com/




Sem comentários:

Enviar um comentário