Acerca de mim

A minha foto
Tudo o que quero e não posso, tudo o que posso mas não devo, tudo o que devo mas receio. Queria mudar o Mundo, acabar com a fome, com a tristeza, com a maldade.Promover o bem, a harmonia, intensificar o AMOR. Tudo o que quero mas não posso. Romper com o passado porque ele existe, acabar com o medo porque ele existe, promover o futuro que é incerto.Dar vivas ao AMOR. A frustração de querer e não poder!...Quando tudo parece mostrar que é possível fazer voar o sonho!...Quando o sonho se torna pesadelo!...O melhor é tapar os olhos e não ver; fechar os ouvidos e não ouvir;impedir o pensamento de fluir. Enfim; ser sensato e cair na realidade da vida, mas ficar com a agradável consciência que o sonho poderia ser maravilhoso!...

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

MIRAGEM



Sonhei que era menino,
Um sorriso de encantar,
Brincava alegre sozinho,
No areal juntinho ao mar.
Imaginava uma caravela,
Iluminada pelo belo lua,
Uma beleza que era só dela.
Prontinha para amara,
Na praia do meu sonhar,
Trazendo o amor com ela.
De repente o sonho se esfuma!
Apareces em bikini amarelo.
Surgistes no meio da espuma,
Com um sorriso doce e belo,
Que de momento me fez esquecer,
Tudo o que por ali fazia.
Senti todo o corpo tremer,
Por ver o amor que trazias,
À praia da minha miragem.
Tudo o resto se esvaneceu!
Preparei-me para a viagem,
Na caravela que desapareceu.
Procurei-te nas ondas do amar,
Nas dunas do grande areal,
Não te encontrei para amar.
Sossegar meu instinto animal,
Com cio por companheira,
Para partilhar a intensa dor,
Com alguém que também queira.
Partilhar este grande amor,
É sonho eterno pensante,
Sem pensar, sonhando,
Delírio de fiel amante,
Por quem está amando.
Viver um belo instante,
Nos braços do grande amor,
Afaga essa pequena dor.
Sonhos! São sempre sonhos!...
A dormir ou acordado,
È o voar do pensamento,
Que ao homem lhe é dado,
Com presente do momento.
FIM
Carlos Cebolo



Sem comentários:

Enviar um comentário