Acerca de mim

A minha foto
Tudo o que quero e não posso, tudo o que posso mas não devo, tudo o que devo mas receio. Queria mudar o Mundo, acabar com a fome, com a tristeza, com a maldade.Promover o bem, a harmonia, intensificar o AMOR. Tudo o que quero mas não posso. Romper com o passado porque ele existe, acabar com o medo porque ele existe, promover o futuro que é incerto.Dar vivas ao AMOR. A frustração de querer e não poder!...Quando tudo parece mostrar que é possível fazer voar o sonho!...Quando o sonho se torna pesadelo!...O melhor é tapar os olhos e não ver; fechar os ouvidos e não ouvir;impedir o pensamento de fluir. Enfim; ser sensato e cair na realidade da vida, mas ficar com a agradável consciência que o sonho poderia ser maravilhoso!...

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

VIDA MADRASTA



VIDA MADRASTA
      31/01/2012

Tristeza no teu olhar!
Sinto a tristeza que te invade,
Lágrimas que inundam o mar,
À procura da eterna saudade.
São lágrimas que rolam no rosto,
Saídas dos teus olhos secos,
Mostrando o constante desgosto,
Dos sons ouvidos em ecos,
Provocados pelo gotejar,
Das lágrimas que confundem
E turvam o teu olhar,
Trazendo dor ao teu pensamento.
Se pudesse ter asas e voar,
Ser mais rápido que o momento,
Iria ao encontro do grande amor,
Para com ele acalmar o mar.
A tristeza do teu olhar!
Também a mim me aflige.
Procuro um gesto para te acalmar,
Abraço-te forte contra o peito
E limpo as teimosas lágrimas.
O momento triste é tudo o que exige.
Um gesto para compensar,
Com carinho e muito jeito,
Ajudando a virar as tristes páginas,
Da tua vida madrasta.
Com o acalmar da tua dor
E com a ajuda do belo luar,
Ficaste pronta para o amor,
E eu comecei a sonhar.
Sonho que há muito acalento,
Ser teu eterno namorado;
Vejo ter chegado o momento,
Que também é do teu agrado.
FIM
Carlos Cebolo



Sem comentários:

Enviar um comentário