Acerca de mim

A minha foto
Tudo o que quero e não posso, tudo o que posso mas não devo, tudo o que devo mas receio. Queria mudar o Mundo, acabar com a fome, com a tristeza, com a maldade.Promover o bem, a harmonia, intensificar o AMOR. Tudo o que quero mas não posso. Romper com o passado porque ele existe, acabar com o medo porque ele existe, promover o futuro que é incerto.Dar vivas ao AMOR. A frustração de querer e não poder!...Quando tudo parece mostrar que é possível fazer voar o sonho!...Quando o sonho se torna pesadelo!...O melhor é tapar os olhos e não ver; fechar os ouvidos e não ouvir;impedir o pensamento de fluir. Enfim; ser sensato e cair na realidade da vida, mas ficar com a agradável consciência que o sonho poderia ser maravilhoso!...

domingo, 22 de janeiro de 2012

INCOMPREENSÃO




Hoje!
Acordei com a mente vazia.
A noite foi longa!...
Lembranças do meu passado,
Frases soltas que dizias,
Indicavam a tua delonga,
Para ficares ao meu lado.
Esperança!...
…Sempre a esperança,
Que a tua decisão fosse apressada,
Para meu contento e prazer.
Egoísmo puro de mentes doentias,
Que via na tua resposta atrasada,
Um sinal do teu não querer.
Talvez!...
Amor que por mim não sentias!
Ilusão!...
Não soube ler os teus sinais
E tudo o que me dizias.
Nos teus amigos via os meus rivais,
A razão por que me não querias.
Incompreensão!...
Meu grande amor por ti,
Deixou-me cego.
Quando te disse não te querer mais,
Menti.
Não nego!
No meu naufrágio, és o meu cais.
Imploro-te.
Volta para mim amor!
Preenche a minha vida e mente vazias,
Para que possa amar novamente
E recupera o navio afundado;
Com o teu amor,
Como antes bem fazias,
Com o calor que o meu corpo sente,
Lembranças do meu passado,
Sentindo de novo o teu odor.
Correr!
Voar pelo caminho,
Procurar algo que me pertença,
Pois nunca mais amei.
Este vazio!...
…Mata-me amor!
Quero viver com o pensamento,
Voar na magia sem fim,
Viver o doce momento,
Quando te juntares a mim.
Sem ti,
Sem o teu carinho,
Sem a tua presença,
Nada criarei.
FIM
Carlos Cebolo






Sem comentários:

Enviar um comentário