Acerca de mim

A minha foto
Tudo o que quero e não posso, tudo o que posso mas não devo, tudo o que devo mas receio. Queria mudar o Mundo, acabar com a fome, com a tristeza, com a maldade.Promover o bem, a harmonia, intensificar o AMOR. Tudo o que quero mas não posso. Romper com o passado porque ele existe, acabar com o medo porque ele existe, promover o futuro que é incerto.Dar vivas ao AMOR. A frustração de querer e não poder!...Quando tudo parece mostrar que é possível fazer voar o sonho!...Quando o sonho se torna pesadelo!...O melhor é tapar os olhos e não ver; fechar os ouvidos e não ouvir;impedir o pensamento de fluir. Enfim; ser sensato e cair na realidade da vida, mas ficar com a agradável consciência que o sonho poderia ser maravilhoso!...

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

MINHA VELHINHA

   

Minha mãe está tão velhinha,
Mas continua sábia e bonita,
Sua pele já não é igual à minha,
Está enrugada e um pouco hirta.

Mostra bem o trabalho que teve,
Para criar com carinho os filhos,
O amor da sua família obteve,
Sem trilhar outros caminhos.

Hoje velhinha não pede cuidados,
Procura ser o suporte familiar,
Dá conselhos certos guardados,
Mostrando a segurança do lar.

Os filhos ouvem com atenção,
Os sábios conselhos que dá,
Sabem que a mãe tem o condão,
De transformar em coisa boa,
A infeliz acção que parece má,
Perdoar quando ninguém perdoa.

Quando já não tem forças par si,
Quando a vida já não lhe permite,
Paciente aguarda o seu triste fim,
Na esperança do amor que sente
E que os filhos olhem por ela,
Como ela sempre olhou por eles,
Com carinho também cuidem dela,
Não esquecendo os seus deveres.
FIM
Carlos Cebolo



Sem comentários:

Enviar um comentário