Acerca de mim

A minha foto
Tudo o que quero e não posso, tudo o que posso mas não devo, tudo o que devo mas receio. Queria mudar o Mundo, acabar com a fome, com a tristeza, com a maldade.Promover o bem, a harmonia, intensificar o AMOR. Tudo o que quero mas não posso. Romper com o passado porque ele existe, acabar com o medo porque ele existe, promover o futuro que é incerto.Dar vivas ao AMOR. A frustração de querer e não poder!...Quando tudo parece mostrar que é possível fazer voar o sonho!...Quando o sonho se torna pesadelo!...O melhor é tapar os olhos e não ver; fechar os ouvidos e não ouvir;impedir o pensamento de fluir. Enfim; ser sensato e cair na realidade da vida, mas ficar com a agradável consciência que o sonho poderia ser maravilhoso!...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

STRESS DE GUERRA



Não tenho stress de guerra
Não sinto paz nem sossego
Procuro matar a quimera
Que destrói o meu desejo

Ver o meu povo feliz
Sem desigualdades forçadas
Fazer desta terra a meretriz
Esquecer as horas amargas

Vividas em grandes ansiedades
Na terra dos sonhos dourados
Berço de inúmeras beldades

Momentos tristes recordados
Em Angola dos meus amores
De fugas e perigos passados
Lembrando velhos horrores

Armas nas mãos do povo
Exércitos desarmados
Feridas abertas de novo
Rancores e ódios falados

Foi assim os últimos anos
Em Angola dos meus encantos
Sem certezas e desenganos
Com tiros, gritos e prantos

Terror então implantado
Em aldeias, vilas e cidades
Por grupos desalmados
Que só praticavam maldades

Tinham em projecto final
Roubar tudo que desse jeito
Fazer ir para Portugal
Angolanos de pleno direito.
FIM
Carlos Cebolo






Sem comentários:

Enviar um comentário